Notícias

Atlético escala os reservas contra renda do mandante Cruzeiro

Por Alexandre Simões, 26/06/2020 às 20:08
atualizado em: 26/06/2020 às 20:09

Texto:

Foto: arquivo pessoal
arquivo pessoal

O Campeonato Mineiro de 1981 teve uma novidade, comum nos dias atuais, mas não naquela época que era a renda do mandante. Principalmente nos clássicos, os dois clubes sempre dividiam as arrecadações, que eram quase sempre significativas.

No turno, o clássico teve mando cruzeirense. Para prejudicar a renda do rival, o Atlético mandou a campo um time reserva, numa partida sem muita emoção e que terminou empatada por 0 a 0.

A FICHA DO JOGO

CRUZEIRO 0
Gasperin; Carioca, Marquinhos, Wagner e Hilton Brunis; Remi, Toninho e Carlinhos; Zé Henrique (Luiz Carlos Oliveira), Edmar e Macedo. Técnico: Procópio Cardoso
ATLÉTICO 0
Pereira; Biluca, Marcus Vinícius, Alexandre e Miranda; Geraldo, Paulo Martins e Renato Queiroz (Carlinhos); Tita, Fernando Roberto e Valmir (De Rossis). Técnico: João Avelino
DATA: 28 de junho de 1981
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Campeonato Mineiro
ARBITRAGEM: Alvimar Gaspar dos Reis, auxiliado por Paulo Sanches e Artur Silva
CARTÃO VERMELHO: Edmar (Cruzeiro); Alexandre (Atlético)
PÚBLICO: 38.119
RENDA: Cr$ 6.316.200

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    As informações sobre a semana e os eventos serão transmitidos nas redes sociais do ministério e da Secretaria Nacional da Juventude.#Itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    ⚽️Técnico do América não poupou críticas à atuação do juiz Felipe Fernandes de Lima no clássico contra o Atlético. #itatiaia

    Acessar Link