Emanuel Carneiro

Coluna do Emanuel Carneiro

Veja todas as colunas

Um clássico menor

As duas diretorias precisam terminar com esta irritante troca de acusações a cada jogo.

28/01/2019 às 10:51
Um clássico menor

O clássico já teve dias melhores. A matinê do Mineirão ficou devendo e há um lado compreensível por ter sido precipitada a marcação de um jogo tão importante no comecinho da temporada, num horário inconveniente.

Isto, porém, não é desculpa para tudo.

Erros graves de arbitragem, clima tenso, com muita reclamação dos dois lados.

O Atlético veio com o mesmo time do ano passado que não deixou boas lembranças. Com exceção do Igor Rabello, o filme era o mesmo. Passes errados em excesso, falta de velocidade nos contra-ataques e sem jogadas pelas laterais.

O Galo dá a impressão de que joga no Mineirão como se estivesse num estádio adversário, como visitante, consequência de sua fuga da Pampulha. O Cruzeiro tinha mais entrosamento e um banco de reservas melhor servido. Mano está com excesso de preocupação com a arbitragem, reclamando de tudo.

A chegada de reforços  no Galo e no Cruzeiro vai tirar alguns titulares da zona de conforto, provocando uma saudável disputa de posições.

Provavelmente o clássico vai se repetir no decorrer do Campeonato Mineiro e precisamos mudar o discurso. 

Fazer reunião na semana do jogo é inútil e só serve para criar polêmica. 

As duas diretorias precisam dialogar, discutir o que é melhor para os dois e terminar com esta irritante troca de acusações a cada jogo. 

A fase antiga dos grandes clássicos no Mineirão mostra que estamos num grave retrocesso, matando uma galinha dos ovos de ouro. 

A rivalidade é que move o futebol mineiro, este é o lado bom.

A fogueira de vaidades está queimando a nossa melhor mercadoria, este é o lado ruim. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link